14 de jul de 2016

Incopetencia e despreso ao cidadão
Abastecimento d’água está afetado em bairros
 do grupo B
Água
O fornecimento de água encontra-se afetado na parte alta dos bairros do grupo B do calendário de racionamento em Vitória da Conquista. Segundo a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), o problema é momentâneo e causado por falhas eletromecânicas em equipamentos de bombeamento. A Embasa informou que “uma equipe de técnicos da empresa já está atuando para corrigir o problema e restabelecer o funcionamento integral do sistema nas próximas horas, quando o abastecimento será retomado de forma gradativa”. Enquanto isso, os moradores que não forem abastecidos no período estabelecido no calendário devem solicitar o abastecimento alternativo por meio de carros-pipa, através do teleatendimento 0800 0555 195.
A volta dos que já foram sem uma candidata à 
Prefeitura de Vitória da Conquista
Jeremias Macário | Jornalista | macariojeremias@yahoo.com.br

Resultado de imagem para jeremias macárioNa terra de dona Laudicéia Gusmão, Henriqueta Prates, Joana Angélica Santos, Geny Fernandes de Oliveira Rosa, a Dona Zaza – primeira a assumir uma cadeira na Câmara Municipal (1937), Lycia Moura, Zilda Maria Moura Costa (Zyka), Olívia Flores, Dona Dalva Flores e tantas outras de destaque no cenário econômico, político e social, uma mulher ainda não assumiu o cargo de prefeita.
Nesses quase dois séculos de história desde Vila Imperial, em 1840, Vitória da Conquista se evoluiu na economia, na educação e na cultura com grandes nomes e feitos na literatura, na poesia e na música. Enfrentou a ditadura de 1964 com a cassação de um prefeito eleito pelo povo e hoje é a terceira maior cidade da Bahia, mas nunca teve uma candidata à prefeitura.
Na política estadual, Conquista sempre foi uma caixa de surpresas e mudanças ao apoiar e eleger candidatos com ideias e tendências progressistas, comprometidos com o setor social. Saiu de uma duradoura oligarquia coronelista para votar em pessoas com viés socialista de esquerda, como foi a eleição de Pedral Sampaio, em 1962.
Nas décadas de 70 e 80 rejeitou o autoritarismo carlista elegendo nomes da oposição (Raul Ferraz, Jadiel), culminando com a tomada do poder pelo PT com a escolha de Guilherme Menezes, em 1996/97. Mesmo assim, o município que mais cresceu nos últimos anos no Norte e Nordeste ainda mantém o ranço político conservador por nunca ter elegido uma mulher como prefeita, muito menos como candidata.
Pelo que se sabe, a única mulher que tentou e não conseguiu foi Margarida Oliveira, em 1992. Terminou sendo vice na chapa de Pedral Sampaio, mas não assumiu, preferindo continuar como deputada na Assembleia Legislativa.
Nesse sistema político vicioso, arcaico e perverso, nos anos eleitorais municipais na Bahia, no Nordeste e no Brasil em geral, como agora, está sempre na tela o chamado “clube do bolinha” com a volta dos mesmos candidatos que já foram prefeitos e vereadores, mais pela via assistencialista dos favores do que pela competência propriamente dita.
Saqueadores do povo!
Fraudes em prefeituras baianas desviaram 
R$ 100 milhões
Polícia Federal
Joaquim com Elvis e Mão Branca
Um levantamento feito pelo jornal A TARDE junto ao site da Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA) aponta que pelo menos R$ 100 milhões tenham sido desviados dos cofres públicos. Os esquemas desmantelados até o momento são relacionados principalmente a fraudes em processos licitatórios.Desde o início deste ano, o MPF-BA já denunciou pelo menos 20 casos de desvios de verba pública, essencialmente das áreas de saúde e educação. As fraudes em processos de licitação são as ações mais comuns nas investigações. Até o momento, a Justiça determinou pelo menos seis decisões para punir prefeitos e ex-prefeitos denunciados pelo MPF-BA. Como é o caso do esquema que funcionava dentro da Prefeitura de Caatiba (a 80 km de Vitória da Conquista), onde o prefeito Joaquim Mendes de Souza Júnior utilizou contratos com cooperativas para desviar cerca de R$ 5 milhões entre os anos de 2013 a 2015.
Novo presidente chora em discurso; “Vamos tentar
 governar com simplicidade”
Correio Braziliense-Maia Vitória

O novo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se emocionou no discurso de posse, no início da madrugada desta quinta (14/7), no plenário da Casa. Ele pediu ajuda aos colegas parlamentares para tentar governar “com simplicidade” e união durante os próximos seis meses. O deputado agradeceu, ainda, o apoio dos familiares e a confiança dos colegas na nova trajetória.“Vamos tentar governar com simplicidade. Temos de pacificar esse plenário e dialogar com a minoria. Temos pauta do governo e da sociedade, que fica no interior de cada um de nós”, disse Maia, que reforçou a importância da proximidade entre parlamentares e cidadãos. “Não é apenas do governo que vem as boas ideias. Cada um dos eleitores que vivem o dia a dia podem contribuir muito”, acrescentou.Com 285 votos, Maia venceu, em segundo turno, a disputa pela presidência da Câmara contra o deputado Rogério Rosso (PSD-DF), que recebeu 170. No primeiro turno da eleição, outros 12 parlamentares concorriam ao cargo

COLUNISTA VIP:

“UM BOM PAR DE SAPATOS E UM CADERNO DE ANOTAÇÕES” (II - Final)

O FRIO E OS CASTIGOS FÍSICOS 


 Jeremias Macário
 Em sua reportagem, Tchékhov descreve a solidão de Sacalina em tom poético e melancólico como no trecho: “Os trabalhos forçados, mesmo à luz dos fogos, continuam a ser o que são, e a música, quando ouvida de longe por alguém que jamais voltará à terra natal, só desperta uma saudade mortal”. 
Sobre as prisões e o frio que ferem a alma, o médico pesquisador cita num de seus escritos: “Dizem que em Sacalina o próprio clima predispõe as mulheres à gravidez; mulheres idosas dão à luz, mesmo aquelas que na Rússia eram estéreis e já tinham perdido a esperança de ter filhos”. Mistérios da natureza e do tempo!
  Conforme reporta, no sul da ilha os castigos físicos são mais frequentes e chegam a açoitar até cinquenta homens por vez. Os livres não tiram o chapéu para entrar nas casernas. Os forçados batem continência e tiram o gorro ao passar pelos livres.
  O escritor consegue driblar a censura da época tzarista e denuncia em detalhes os sofrimentos desumanos impostos aos detentos. Dos trabalhos, o forçado volta à prisão para dormir com as roupas encharcadas e os calçados imundos; não há com que se enxugar; parte das roupas é estendida ao lado das tarimbas, sobre outra parte, sem deixá-la secar, ele se deita como que num enxergão.
  Sua roupa de baixo, impregnada de secreções cutâneas, molhada e há muito tempo sem lavar que se mistura a sacos velhos e trapos fétidos... E aí ele (o forçado) entra nas entranhas sujas das migalhas de pão, dos percevejos esmagados entre os dedos, tudo isso misturado a gases intestinais soltos pelos detentos.
  Em meio a tantas cenas de miséria e pobreza, Tchékhov conta a história de um homem que optou por não trabalhar e cantar livremente. Foi posto a duros castigos e depois dos açoites recebidos sempre exclamava que não iria trabalhar. “Tentaram de tudo com ele e, por fim, desistiram. Agora perambula por Due e canta.”

VAMOS APOIAR AS ENTIDADES FILANTRÓPICAS!

SantaS CasaS de Vitória da Conquista  e região aderem ao movimento “SOS Saúde da Bahia”

BRG
santa casaA Santa de Vitória da Conquista aderiu  à campanha “SOS Saúde da Bahia”, ação que busca incentivos para entidades filantrópicas. A iniciativa foi lançada por meio das redes sociais no dia 2 de julho, data em que é lembrado o Dia do Hospital, por meio do Hospital da Criança Martagão Gesteira e as Santas Casas de Misericórdia de Nazaré, Valença e Cruz das Almas.
De acordo com as instituição, com o movimento, espera-se que os valores repassados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) cubram o custo dos procedimentos realizados, assegurando à população o direito à saúde pública e de qualidade.
Com o déficit, há risco de que serviços essenciais à população sejam suspensos, segundo as entidades. Com o défict, a Santa Casa de Vitória da Conquista, por exemplo, pode ter uma redução 34 mil procedimentos mensais.
Além das instituições citadas, participam do movimento as Santas Casas de Misericórdia de Itabuna e Poções.

terça-feira, 12 de julho de 2016

ELA ERA LUTADORA PELA CAUSA DOS NEGROS E VIVEU MUITO TEMPO NA BAHIA:


Ex-ministra Luiza Bairros morre em Porto Alegre


Foto: Divulgação
Foto: DivulgaçãoA ex-ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial Luiza Helena de Bairros morreu em Porto Alegre nesta terça-feira (12) em virtude de um câncer de pulmão. A informação foi confirmada por lideranças do Partido dos Trabalhadores ligadas à ex-ministra. Ainda não foram divulgadas informações sobre o velório nem sobre o sepultamento de Luiza Bairros. Ela foi ministra do governo de Dilma Rousseff entre os anos de 2011 e 2014. Luiza Bairros era mestre em ciências sociais pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e doutora em sociologia pela Michigan State University. Ela se graduou em Administração Pública e de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e era especialista em Planejamento Regional pela Universidade Federal do Ceará. Gaúcha de Porto Alegre, Luiza Bairros se mudou para a Bahia em agosto de 1979, após ter contato com o Movimento Negro Unificado durante a reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, meses antes, em Fortaleza. Informações do G1.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

CONQUISTA EM FOCO:

Cadê a lagoa de R$ 26 milhões construída pelo PT?

BRG - Foto: Conquista News

LAgoa SumiuA lagoa das Bateias, batizada pelo PT de Parque Bateias, construída com a proposta de ser edificado no local  uma área de convivência, vem sendo degradada rapidamente devido o desleixo da administração municipal. O local que poderia ser um dos mais belos da cidade encontra-se abandonado. Além do mato, lixo e entulho, – uma língua preta de esgoto banha o que restou da lagoa.
Construída na gestão do ex-prefeito José Raimundo Fontes (PT), custou aos cofres públicos R$ 26 milhões, incluindo despesas em vão com uma inútil dragagem feita e de nada adiantou.  Serviria também para facilitar o escoamento das águas das chuvas que descem em volumosas enxurradas da Serra do Periperi.
A constatação que Itapetinga construiu um belo lago que custou apenas R$ 1,5 milhão, e outro da cidade de Caculé, com custo apenas de R$ 1,3 milhão, demonstra a falta de critério dos petistas com dinheiro público. Está provado que não sabem se relacionar com dinheiro público. São perdulários e esbanjadores.

sábado, 9 de julho de 2016

COLUNISTA VIP:

UM BOM PAR DE SAPATOS E UM 
                         CADERNO DE ANATAÇÕES” (I)
Jeremias Macário

 
Como fazer uma reportagem
Uma viagem ao inferno dos deportados, dos condenados a trabalhos forçados, dos carcereiros, dos colonos e dos camponeses foi feita pelo médico e escritor Anton Tchékhov aos 30 anos à ilha Sacalina, na Sibéria Oriental, em 1890, durante o império russo tzarista.
  O recenseamento dos habitantes do local foi um pretexto que o autor aventureiro encontrou para realizar seu objetivo maior de escrever o livro “A Ilha de Sacalina”, do qual o prefaciador Piero Brunello fez uma seleção de textos que gerou “Um Bom Par de Sapatos e um Caderno de Anotações” - Como Fazer uma Reportagem.
  Como está explícito no subtítulo, o livro da editora Martins deve ser uma leitura de constante aprendizagem para estudantes de jornalismo, profissionais e pessoas interessadas no assunto porque oferece valiosas dicas e passos importantes de como observar os locais; tratar as fontes; e fazer uma entrevista para conseguir uma boa reportagem jornalística.
  Com o avanço tecnológico e o advento da internet, o título poderia ser atualizado para “Um Bom Par de Sapatos e um Gravador com uma Máquina Fotográfica”, se bem que ainda gosto do caderno de anotações. O conteúdo do livro permaneceria o mesmo.
  O jornalista para ser um bom repórter tem que gastar sola de sapato e não ficar enfurnado numa redação durante todo tempo diante de uma tela de computar usando aplicativos e e-mails para fazer uma reportagem. Tem que ser cético como Tchékhov. Para ele tudo era matéria e que fora dela não há verdade. O escritor Tolstói certa vez o definiu como ateu absoluto, mas excelente pessoa.
  Tchékhov em seus trabalhos definia o escritor não como um confeiteiro, mas como um repórter e perguntava: O que você diria de um repórter que por repulsa ou pelo desejo de satisfazer os leitores, descrevesse apenas prefeitos honestos, damas sublimes e ferroviários virtuosos? A indagação ainda é atual aos tempos de hoje.
  Em sua visão, um escritor deve retratar a vida tal como ela é na realidade, sabendo que as paixões más são tão inerentes à vida quanto as boas. Nelson Rodrigues com suas crônicas polêmicas que causaram escândalos na época deve ter bebido da fonte do russo-ucraniano.
  Numa comparação como médico disse sobre si mesmo que a medicina era sua esposa legítima e a literatura sua amante. “Tanto a anatomia como as letras têm a mesma origem nobre, os mesmo fins e o mesmo inimigo: o demônio, e não há razão nenhuma para se desligarem”.
    Em sua viagem por Sacalina atentou para as questões do meio ambiente e não poupou críticas à depredação da natureza com a chegada dos primeiros colonos e deportado. “As florestas não param de diminuir, os rios secam, os animais silvestres desapareceram, o clima piorou e a cada dia a terra torna-se cada vez mais pobre e mais árida”. São palavras ditas por um médico naquela época, final do século XIX.
  O livro é um poço de poesia e transborda quando o autor escreve esta oração dedicada à natureza: “Quando ouço farfalhar o jovem bosque, que plantei com minhas próprias mãos, sinto que tenho algum poder sobre a bondade do clima e que se daqui a mil anos o homem for feliz, terei contribuído um pouquinho para isso”.

A VIAGEM AO INFERNO

SAÚDE EM FOCO:

Notificações da Prefeitura para casos de H1N1, Dengue, Zika e Chikungunya

BRG
Em Conquista, a Prefeitura, pela Secretaria Municipal de Saúde informou em seu site oficial a situação das notificações de casos suspeitos para os agravos H1N1, Dengue, Zika e Chinkungunya até 8 de julho:
Zika
Diferença das doenças
Com informações do Mundo Educação
Apesar de serem transmitidas pelo mosquito, o Aedes aegypti  pelo mesmo mosquito, a dengue, a chikungunya e a zika são doenças que apresentam alguns sintomas semelhantes, o que pode dificultar o diagnóstico. Entretanto, pequenas diferenças existem e podem ser usadas como critério para a diferenciação.
A dengue é, sem dúvidas, a doença mais grave quando comparada à chikungunya e à zika. Ela causa febre, dores no corpo, dores de cabeça e nos olhos, falta de ar, manchas na pele e indisposição. Em casos mais graves, a dengue pode provocar hemorragias, que, por sua vez, podem ocasionar óbito.
A chikungunya também causa febre e dores no corpo, mas as dores concentram-se principalmente nas articulações. Na dengue, as dores são predominantemente musculares. Alguns sintomas da chikungunya duram em torno de duas semanas; todavia, as dores articulares podem permanecer por vários meses. Casos de morte são muito raros, mas a doença, em virtude da persistência da dor, afeta bastante a qualidade de vida do paciente.
Por fim, temos a febre zika, que é a doença que causa os sintomas mais leves. Pacientes com essa enfermidade apresentam febre mais baixa que a da dengue e chikungunya, olhos avermelhados e coceira característica. Em virtude desses sintomas, muitas vezes a doença é confundida com alergia. Normalmente a zika não causa morte, e os sintomas não duram mais que sete dias. Vale frisar, no entanto, que a febre zika relaciona-se com uma síndrome neurológica que causa paralisia, a Síndrome de Guillain-Barré, e também com casos de microcefalia.
O tratamento da dengue, chikungunya e zika é praticamente o mesmo, uma vez que não existem medicamentos específicos para nenhuma dessas enfermidades. Recomenda-se que o paciente, nos três casos, permaneça em repouso e beba bastante líquido. Alguns medicamentos são indicados para dor, mas não se deve fazer uso de remédios que contenham ácido acetilsalicílico, pois eles podem desencadear hemorragias.
Não existem vacinas contra as doenças citadas no texto. Assim sendo, a melhor forma de prevenir-se é pela destruição dos locais propícios à multiplicação do mosquito Aedes, garantindo sempre que não haja acúmulo de água parada.

COLUNISTA VIP:



Cego de paixão (Ficção)

Nando da Costa Lima
Cleonildo saiu do matinê do Cine Ritz pisando nas nuvens, não pelo filme, mas pela presença da viúva Julinda, sua paixão! Entrou no bar Lindoya, chupou uns dez picolés de coco só pra aliviar a tensão e não beber, quem mais sabia que não podia beber era ele, se bebesse ia acabar atacando a viúva que não lhe dava a mínima. Não dava bola nem pros fazendeiros, quanto mais pra ele que nem emprego tinha, vivia de biscate! Agora então que o circo foi embora, tava sem fazer nada. Mas nesses casos o cão atenta, a paixão e o tesão pela viúva levaram o infeliz ao pé do balcão, foi bater no Bar Pinguim. Lá ele tomou todas a que tinha direito arquitetando um jeito de traçar a viúva na marra, até a touca de meia pra colocar no rosto já tava no bolso, ia realizar seu desejo de qualquer jeito. Sabia que estupro é crime, mas a tara falou mais alto. E foi naquela noite de sexta-feira sem lua que Cleonildo, sabedor dos caminhos percorridos pela viúva e movido pela paixão, pôs seu hediondo plano em ação. Tava mais bêbado que um gambá na hora que pegou a viúva à força, tapou a bocacom a toalha roubada do bar e jogou duro, a cachaça parece que deu força ao pervertido, deu mais de três, deixou a viúva quase desacordada. Correu pra casa já arrependido da brutalidade que cometeu com seu amor de tantas fantasias. Não conseguiu dormir, tinha que procurar um amigo pra desabafar, só confessando pra diminuir o peso de tanto barbaridade. Ajoelhou no confessionário e não deu tempo pro padre nem respirar, foi logo abrindo o jogo: “É seu padre, tô com vergonha até de começar, mas é melhor contar... O senhor sabe de minha paixão pela viúva Julinda, né? Pois ontem eu não resisti, foi um gesto tresloucado, eu estava bêbado e parti pra ignorância. Fui até grosseiro, ela estava de vestido longo, devia tá indo pra festa de gala no salão do Clube Social, mas minha vontade era tanta que foi de qualquer jeito, não respeitei nem o luto. Joguei duro seu padre... tô arrependido mas não posso negar que tô satisfeito! E pelo gemido e o assanhamento tava gostando, só não revelei quem era pra minha paixão com medo dela não me admitir por ser pobre e tampinha. Vou sair daqui direto pra delegacia, eu sei que o que fiz merece cadeia, é coisa de gente safada, vou me entregar pro delegado”.

sexta-feira, 8 de julho de 2016

NOTA DE FALECIMENTO:

Morre o Prof. Paulo Ludovico Flores

PAulo LudovicoFaleceu na manhã desta 6ª feira (8), no Hospital Samur, o professor e diretor financeiro da FAINOR, Paulo Ludovico Flores Costa. Paulo Ludovico foi  internado ontem no Samur onde submeteu-se a uma cirurgia.
Além de professor da instituição ele acumulava a função de Diretor Financeiro. No passado foi um dos grandes judocas de Vitória da Conquista.
Membro de uma família tradicional de Conquista. Sua saudosa mãe, Dona Dalva Flores, trabalhou intensamente em defesa do social, por muitos anos como diretora do Abrigo Nosso Lar.

FAINOR E OAB LAMENTAM
NOTA DA FAINOR: “A Faculdade Independente do Nordeste manifesta grande pesar pelo falecimento do professor Paulo Ludovico. Ele foi do setor administrativo da Instituição e também professor do Curso de Direito. Neste ato, a FAINOR se solidariza com familiares, parentes e amigos, rogando ao Pai Celestial para que os confortem neste momento”.
O tesoureiro da OAB/Conquista, Edivaldo Santos Ferreira Júnior, afirmou ter recebido a notícia com tristeza. “Que tristeza meu professor e amigo! Que o Senhor possa trazer paz e conforto num momento tão difícil. Sentiremos a sua falta”, comentou.
Paulo Ludovico foi chefe de redação da TV Sudoeste por 5 anos e redator chefe do jornal Diário do Sudoeste. Há alguns anos submeteu-se a uma cirurgia bariátrica e teve muitas complicações pós cirúrgicas correndo risco de morte. Conseguiu vencer esta fase bravamente e agora vem a falecer pegando a comunidade de surpresa. 
O corpo de Paulo Ludovico está sendo velado no Salão Nobre da Loja Maçônica Cavaleiros do Oriente. O engenheiro e advogado Paulo Ludovico Flores Costa, de 60 anos além da docência na Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR), atuou como jornalista por vários anos, falecendo ao meio dia desta sexta-feira (8) em decorrência de complicações de saúde.
Paulo Ludovico era casado e tinha três filhos. O sepultamento acontece às 17 horas deste sábado (9), no Cemitério da Saudade.
NOTA DO BLOG: O nosso blog irmana-se a todos quantos lamentam o passamento de Paulo Ludovico, um cidadão de bem que fará muita falta a Conquista. Nossas condolências à família enlutada, aos amigos e colegas do jornalista e professor Paulo Ludovico.

O ANTAGONISTA - Exclusivo:

Grampos de Lula não foram usados pela Lava Jato 
Lula o bravatão!
Caso Ricardo Lewandowski resolva anular todas as interceptações telefônicas feitas na investigação contra Lula, isso não terá efeito na denúncia que o Ministério Público Federal prepara contra o ex-presidente.

O Antagonista apurou que os grampos não foram usados pela Lava Jato para instruir qualquer processo.

Nenhum pedido cautelar, sejam buscas e apreensões, a quebra de sigilo bancário e a condução coercitiva dele, nada foi feito com base nas gravações.
Como os grampos subiram logo para o Supremo, após sua divulgação, não houve tempo para usá-los.

A defesa de Lula pode até conseguir anular as interceptações, mas não poderá usar isso para invalidar a investigação.

Benefícios de aposentadoria por invalidez e auxílio-doença serão revistos:


Serão revisados os chamados benefícios por incapacidade de longa duração. Pessoas com mais de 60 anos não serão atingidas.

Na tentativa de reduzir gastos com a Previdência, o governo anunciou hoje (6) a alteração em benefícios como a aposentadoria por invalidez e auxílio-doença e o acesso de trabalhadores a fundos de previdência complementar. Serão revisados os chamados benefícios por incapacidade de longa duração. Para isso, mais de 100 mil perícias por mês serão feitas com o objetivo de checar se os trabalhadores afastados nessa condição continuam incapazes de realizar seus trabalhos. 

Uma medida provisória fixará em 120 dias o prazo máximo de pagamento de auxílio-doença quando o benefício for concedido pela Justiça sem definição de uma data de cessação. Caso o segurado não peça a continuidade do benefício, o pagamento será automaticamente cancelado. A medida provisória também revogará a regra que permite que o segurado que volta a contribuir com o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) obtenha novo auxílio-doença em apenas quatro meses.
Além disso, o governo vai instituir uma gratificação por dois anos para os peritos médicos do INSS que fizerem perícias em auxílios-doença e aposentadorias por invalidez concedidas há mais de dois anos a partir da data de edição da medida provisória. Os médicos peritos receberão R$ 60 por perícia realizada. Segundo o governo, a gratificação é necessária porque os profissionais terão de extrapolar a carga horária para revisarem os 3 milhões de aposentadorias por invalidez e os 840 mil auxílios doença concedidos há mais de dois anos.
De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, não se trata do fim dos benefícios, mas apenas de uma revisão. Segundo dados do governo, há hoje no país 3 milhões de aposentadorias por invalidez concedidas há mais de dois anos sem revisão, que geram uma despesa mensal de R$ 3,6 bilhões. Já o auxílio-doença custa R$ 1 bilhão por mês à União. O governo alega que, atualmente, 840 mil auxílios-doença foram concedidos há mais de dois anos, a maioria após decisões judiciais.
Mudanças no BPCA equipe econômica também revisará todos os pagamentos do Benefício de Prestação Continuada (BPC), que paga um salário mínimo a pessoas com mais de 65 anos que não contribuíram para a Previdência Social. Apesar de administrado pelo INSS, o BPC é pago com recursos do Fundo Nacional de Assistência Social.
Segundo o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, Alberto Beltrame, a legislação determina que os benefícios do BPC sejam revistos a cada dois anos, mas desde 2008 essa análise não é feita. Os beneficiários do BPC também serão obrigados a se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, usado no pagamento de benefícios sociais como o Bolsa Família.
O governo também anunciou que permitirá que a Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal (Funpresp) receba a adesão de estados e municípios sem condições de manter regimes de previdência para os servidores locais. Desde o mês passado, a medida está em discussão entre o Tesouro Nacional e os estados. Segundo o secretário da Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, o objetivo da medida é dar o mesmo tratamento aos servidores públicos e aos privados.

Receita abre consulta ao 2º lote de restituição do IR de 2016:

O crédito bancário para 1.566.533 contribuintes será feito no dia 15 de julho, no valor de R$ 2,7 bilhões

Agência Brasil
A Receita Federal disponibiliza hoje (8), a partir das 9h, a consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física de 2016. O novo lote beneficia 1.490.266 contribuintes, totalizando mais de R$ 2,5 bilhões. O crédito bancário para 1.566.533 contribuintes será feito no dia 15 de julho, no valor de R$ 2,7 bilhões.Clique aqui.
Desse total, R$ 951,6 milhões se referem ao quantitativo de contribuintes que, por lei, têm preferência no recebimento da restituição. São 477.147 contribuintes idosos e 51.310 contribuintes portadores de alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave. O lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla também restituições dos exercícios de 2008 a 2015.
Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá entrar em contato com qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco. Os valores restituídos são corrigidos pela taxa básica de juros, a Selic.
A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerer, por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no serviço virtual de atendimento da Receita, o e-CAC, em Extrato do Processamento da DIRPF.
Para facilitar a consulta às declarações, a Receita disponibiliza aplicativo para tablets e smartphones. Com ele, será possível analisar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do Imposto de Renda Pessoa Física e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

DEFESA AÉREA DE PRONTIDÃO NAS OLIMPÍADAS:



Brasil derrubará aviões que violarem 

espaço aéreo


Rio de Janeiro (Brasil), 6 jul (EFE).=. O governo do Brasil avisou nesta quarta-feira que derrubará qualquer avião não identificado que viole o perímetro do espaço aéreo protegido ao redor das instalações dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro com início em agosto.
"Não estamos brincando", afirmou o ministro da Defesa, Raúl Jungmann, ao apresentar o plano de segurança dos Jogos Olímpicos em entrevista coletiva no Rio de Janeiro.
Aeronáutica tem ordem para abater aviões que desobedecerem

MARACUTAIAS NA BAHIA:

PF investiga compra de propriedades rurais com dinheiro público

A Tarde
  • Foto: Luiz Tito | Ag. A TARDE
    Operação acontece em Mirangaba e Campo Formoso - Foto: Luiz Tito | Ag. A TARDE
    Operação acontece em Mirangaba e Campo Formoso

    • Uma operação da Polícia Federal (PF), deflagrada na manhã desta sexta-feira, 8, cumpri 17 mandados de busca e apreensão nos municípios baianos de Mirangaba (a 369 km de Salvador) e Campo Formoso (a 404 km de Salvador). O objetivo é apreender provas da ocultação de desvio de dinheiro público que, supostamente, foram utilizados para a aquisição de gado e de propriedades rurais.
      De acordo com a PF, a operação "Misore" é mais um desdobramento da "Águia de Haia", realizada em julho de 2015, que descobriu um esquema criminoso de desvio de recursos públicos em várias prefeituras do estado.
      Até o momento, já se comprovou, por meio de perícia contábil, um prejuízo de quase de R$ 300 mil aos cofres do município de Mirangaba. Esse número ainda pode chegar a quase R$ 800 mil, conforme apontam as investigações da PF.
      Do total, 14 mandados estão sendo cumpridos em fazendas da região.
      O termo Misore faz referência a uma raça de gado e foi utilizado para batizar a operação em razão da utilização da atividade pecuária como forma de lavagem de dinheiro.

      Pesquisar neste blogue

      .

      CREDCOOP